Visgo da Alma


Imagem cedida pelo Unsplash

Assumir a tão consagrada porção feminina não tem nos feito avançar em nossa sensibilidade, nem nos deu a chave de como amadurecer como homens. Ok, aprendemos a demonstrar nossas emoções, mas não exatamente para traçar um caminho de crescimento e individuação.

Como avançar então?

Na modernidade, é possível fazer inúmeras combinações de polaridades masculinas e femininas, no caminho do autodesenvolvimento, mas muitos de nós estacionam no visgo da alma.

Nos fragilizamos com a Anima que habita todo o homem, desde os primórdios da humanidade mas desconhecemos seu potencial de transformação, assim como ignoramos os tesouros que guardamos em nossa sombra, dois arquétipos primordiais para trilhar o caminho em direção ao masculino profundo – local de sabedoria e maturidade que todos nós podemos alcançar.

O que falta para chegar lá?

Vamos juntos em busca desse novo masculino?


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo